quarta-feira, 25 de maio de 2016

Em conversa gravada, Renan defende mudar lei da delação premiada; ouça

Matéria extraída do Jornal Folha de São Paulo


Eduardo Anizelli/Folhapress
Renan Calheiros preside sessão do Senado para decidir sobre a admissibilidade do processo de impeachment da presidente Dilma
O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL)
O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), disse em conversa gravada pelo ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado que apoia uma mudança na lei que trata da delação premiada de forma a impedir que um preso se torne delator -procedimento central utilizado pela Operação Lava Jato.
Renan sugeriu que, após enfrentar esse assunto, também poderia "negociar" com membros do STF (Supremo Tribunal Federal) "a transição" de Dilma Rousseff, presidente hoje afastada.
Machado e Renan são alvos da Lava Jato. Desde março, temendo ser preso, Machado gravou pelo menos duas conversas entre ambos. A reportagem obteve os áudios. Machado negocia um acordo de delação premiada.
Ele também gravou o senador Romero Jucá (PMDB-RR), empossado ministro do Planejamento no governo Michel Temer. A revelação das conversas pela Folha na segunda (23) levou à exoneração de Jucá.
Em um dos diálogos com Renan, Machado sugeriu "um pacto", que seria "passar uma borracha no Brasil". Renan responde: "antes de passar a borracha, precisa fazer três coisas, que alguns do Supremo [inaudível] fazer. Primeiro, não pode fazer delação premiada preso. Primeira coisa. Porque aí você regulamenta a delação".

Gilmar pede que Janot reavalie 2º pedido de inquérito contra Aécio

Matéria extraída do Jornal Folha de São Paulo


Moacyr Lopes Junior - 8.mar.2016/Folhapress
SAO PAULO, SP, BRASIL. 08.03.2016. O senador Aecio Neves e a lideranca nacional do PSDB ao conversarem com jornalistas em entrevista coletiva, no Palacio dos Bandeirantes, apos reuniao para decisao de uniformizar a postura do partido nas proximas semanas em relacao a crise politica. (Foto: Moacyr Lopes Junior/Folhapress, PODER). ***EXCLUSIVO***
O senador Aécio Neves (PSDB-MG) no Palácio dos Bandeirantes, em São Paulo
O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Gilmar Mendes mandou novamente para a Procuradoria-Geral da República o segundo pedido de abertura de inquérito feito ao tribunal para investigar o presidente do PSDB, senador Aécio Neves (MG).
Mendes tomou a decisão a partir de explicações apresentadas pela defesa do senador e antes de avaliar se autoriza ou não a apuração requerida pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot.
A Procuradoria quer avaliar a suspeita de maquiagem de dados do Banco Rural para esconder o mensalão mineiro e também tem como alvos o prefeito do Rio Eduardo Paes (PMDB) e o deputado Carlos Sampaio (PSDB-SP).
Agora, Janot vai decidir se mantém o pedido de abertura de inquérito e as diligências solicitadas.
Segundo os advogados, não há elementos que justifiquem a abertura de uma apuração.
Mendes já pediu que Janot reavalie um pedido de investigação sobre o tucano. Depois de abrir inquérito para apurar o suposto pagamento de propina de Furnas para Aécio, Gilmar suspendeu as diligências e requereu que a PGR confirmasse a necessidade de investigar o caso. O senador nega envolvimento com as duas irregularidades.

Teori homologa delação de Sérgio Machado, que gravou Jucá e Renan

Matéria extraída do Jornal Folha de São Paulo


Renata Mello/Transpetro
Presidente Sergio Machado em discurso durante cerimônia da viagem inaugural do Navio José Alencar. Foto: Renata Mello / Transpetro ***DIREITOS RESERVADOS. NÃO PUBLICAR SEM AUTORIZAÇÃO DO DETENTOR DOS DIREITOS AUTORAIS E DE IMAGEM***
Sérgio Machado, ex-presidente da Transpetro, durante cerimônia de viagem inaugural de navio
O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Teori Zavascki homologou a delação premiada do ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado, que faz citações sobre o possível envolvimento da cúpula do PMDB no esquema de corrupção da Petrobras.
Agora, a Procuradoria-Geral da República pode usar a colaboração para pedir a abertura de novos inquéritos da Lava Jato e para incluir detalhes em investigações que já estão em andamento no Supremo, além de poder pedir que trechos de eventuais menções de pessoas sem foro privilegiado sejam analisados pelo juiz Sérgio Moro, no Paraná.
A delação de Machado veio a público após a Folha revelar nesta segunda (23) que ele gravou conversas com peemedebistas para negociar a colaboração. Os áudios divulgados pela reportagem provocaram a primeira crise do governo Temer, levando à saída do senador Romero Jucá (PMDB-RR) do Ministério do Planejamento. Jucá apareceu defendendo um pacto para deter a Lava Jato.

Em gravação, Sarney promete ajudar ex-presidente da Transpetro, mas 'sem advogado no meio'


 Matéria extraída do Jornal Folha de São PauloAdriano Machado - 24.mai.16/Reuters 
Brazil's interim President Michel Temer (R) speaks with Brazilian politician Jose Sarney during a ceremony for inauguration of the new Minister of Culture, Marcelo Calero, at the Planalto Palace in Brasilia, Brazil, May 24, 2016. REUTERS/Adriano Machado ORG XMIT: BSB53
José Sarney conversa com o presidente interino Michel Temer na posse do ministro da Cultura
O ex-presidente José Sarney (PMDB-AP) prometeu ao ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado, investigado pela Operação Lava Jato, que poderia ajudá-lo a evitar que seu caso fosse transferido para a vara do juiz federal Sergio Moro, em Curitiba (PR), mas "sem meter advogado no meio".
As conversas foram gravadas pelo próprio Machado, que nesta terça-feira (24) fechou um acordo de delação premiada no STF. Em um dos diálogos, gravados em março, o ex-senador e ex-presidente manifestou preocupação sobre uma eventual delação de Machado. "Nós temos é que fazer o nosso negócio e ver como é que está o teu advogado, até onde eles falando com ele em delação premiada", disse o ex-presidente.

terça-feira, 24 de maio de 2016

FESTA DA EDUCAÇÃO NA ENTREGA DE MAIS UMA ESCOLA NA ZONA RURAL

Escola Municipal Sérgio Oliveira - Santa Clara - Rio Urupadi

Autoridades e comunitários entregando a escola reformada

Prefeito Pe. Carlos Góes (PT)
Maués – A Escola Municipal Sergio de Oliveira teve todo seu espaço físico revitalizado para dar maior conforto aos 52 alunos e professores da Comunidade Santa Clara do Rio Urupadi.

A festa reuniu comunitários da região e pais de alunos. Recebido pelas crianças, o Prefeito de Maués Pe. Carlos Góes participou junto com o Secretário Municipal de Educação, Luiz Gonçalves, demais secretários e o vereador Adal Santos, da entrega de mais uma escola na zona rural.

Para o prefeito o investimento na educação tem sido fundamental para o governo que vem mudando a realidade de escolas no interior de Maués. “É um pequeno reparo, mais é muito significativo para eles. Pretendo encerrar o mandato com 50 escolas, reformadas, ampliadas e construídas”, disse.
Ressaltou também o compromisso com os kits escolares, fardamento, merenda, mobília e material pedagógico.

 O coordenador da comunidade, professor Aldo Paiva, falou sobre a obra realizada, “antes nossa escola tinha uma precariedade muito grande, hoje nós vimos que o prefeito renovou a nossa escola. Certamente nós vamos ter um espaço mais propicio para a educação. Agradeço ao prefeito pelo incentivo a educação e o respeito ao nosso povo”, agradeceu.

 De acordo com o Secretário Municipal de Educação, Professor Luiz Gonçalves, a educação municipal sempre foi tratada pelo prefeito como um investimento que tem mostrado resultados promissores. “O prefeito não gasta dinheiro com a educação, ele investe. Aqui, junto com a APMC fizemos o trabalho digno para nossos professores e alunos’, declarou.

Rosenil Alves, comunitário disse que há muito tempo eles esperavam a reforma. “Chovia tudo e as crianças tinham que sair, interferia a aula. Espero que ele consiga fazer também em outras comunidades que carecem”, lembrou.

O comunitário Adeilson Lima de Souza, (Dedeco), agradeceu e parabenizou o prefeito pelas obras realizadas na região. E falou do incentivo aos produtores que tem destino garantido para os produtos da agricultura familiar na merenda escolar. “Nós temos a oportunidade de vender nosso produtos para a merenda escolar, coisa que só veio acontecer na administração do Prefeito Pe. Carlos.” De acordo com o Prefeito, em breve mais escolas serão entregues, assim como outras obras.

Fotos: Hamilton Duarte

quinta-feira, 19 de maio de 2016

EMOÇÃO MARCA ENTREGA DE ESCOLA NA COMUNIDADE SÃO SEBASTIÃO DO JACARÉ

 
Aluna homenageando o prefeito Pe. Carlos Góes
Comunitários agradecidos pela nova escola
Carteiras escolares novas
Material escolar e didático
Maués - Os 36 alunos da Comunidade São Sebastião do Jacaré e comunitários, comemoraram na manhã de hoje (18) a entrega da nova Escola Municipal Júlio Augusto Cardelly que atende alunos do 1º ao 9º ano. Diante da crise financeira a Prefeitura conseguiu fazer a reforma e mobiliar a escola.

A aluna Samara, 5º ano não conteve as lágrimas ao fazer o agradecimento pelo novo espaço físico. A moradora e neta do homenageado Marluce Cardely, emocionada disse sentir orgulho com a homenagem ao patriarca da comunidade, seu avô.

Outro agradecimento veio do aluno Clauderney, do Laguinho do Beré, que enfatizou o fardamento que foi entregue aos alunos nos últimos quatro anos.

Para o prefeito Pe. Carlos Góes, mesmo com a crise e com dificuldades foi possível dar passos significativos na educação. “A prova disso são as dezenas de crianças nas comunidades com material escolar, escola mobiliada, merenda é a marca do nosso governo. Fizemos ajustes, planejamos e o resultado é esse entregando uma escola nova”, afirmou.

O secretário Municipal de Educação, Luiz Gonçalves, considerou que Maués vem dando passos largos diante do cenário em que atravessa o país, mesmo assim os investimentos chegam na educação da cidade e interior. “Nós temos o prefeito da educação”, afirmou.

Fotos: Hamilton Duarte

segunda-feira, 9 de maio de 2016

SANTA MARIA DO CAIAUÉ – RIO PARACUNI Um lugar fantástico...



 
Chegada do Prefeito e comitiva a Comunidade do Caiaué - Rio Paracuni

Prefeito Pe, Carlos Góes e Comunitários descerrando a fita inaugural

Centro Social Esportivo Amaro Faustino inaugurado

Prefeito Pe. Carlos Góes, conversando com os Comunitários

Aldemir Bentes, texto e fotos.
Era sábado, à noite.

Ao saber da viagem ao Rio Paracuni, até a Comunidade de Santa Maria do Caiaué, onde estava acontecendo uma ação social da Prefeitura de Maués e que, no dia seguinte, domingo, dia das mães, o prefeito de Maués, padre Carlos Góes estaria naquele lugar e entregaria um novo Centro Social para os comunitários, logo o procurei para saber da possibilidade de acompanhá-lo até aquele longínquo lugar ainda desconhecido para mim. Com sua simplicidade e sabendo da minha grande paixão por Maués, aceitou o meu pedido, o qual agradeci.
Algumas informações já sabia a respeito desta comunidade. Que era uma ou talvez, a mais longe comunidade da sede do município, fronteira com o município de Nova Olinda do Norte.
Às 07:00 do domingo, dia 08 de maio, partimos rumo ao Caiaué. Em lanha potente, levamos mais de duas horas para chegarmos ao local, isto, fazendo algumas paradas ao longo do caminho.
A primeira parada foi no Flutuante do senhor Otávio Brandão, onde tomamos o café da manhã. Continuamos a viagem, subindo o Paraná do Urariá. O flutuante está localizado em um ponto estratégico, na entrada para a Comunidade do Castanhal de Cima. Olhar atento e tirando as dúvidas que surgiam, perguntava sobre tudo. O radialista Franco Costa, um grande viajante e conhecedor do território de Maués, me dava explicações, o prefeito Padre Carlos também, pois conhece todos esses lugares como “a palma de sua mão”.
Fiquei sabendo que o nosso município termina na Comunidade da Santíssima Trindade, cujo limite é um pequeno rio, e à margem do lado de Maués, está edificada a casa do vereador Adal.
Indo em direção Maués – Rio Paracuni, o lado esquerdo é Maués e o lado oposto, Nova Olinda do Norte.

PREFEITURA CELEBROU DIA DAS MÃES EM ESCOLAS E INSTITUIÇÕES



Maués - Demonstrando todo carinho e respeito, a Prefeitura de Maués celebrou o Dia das Mães nas escolas, institutos educacionais e centro de convivência do município, na última sexta-feira(06)

Diferente de anos anteriores, o Prefeito Pe. Carlos Góes comemorou a data com as mães idosas do Centro de Convivência do Idoso, onde foi recebido com festa e alegria, além das escolas Turma da Mônica, Francisco Canindé Cavalcante, Livro Aberto, CRAS I, II e IIII.

De acordo com o prefeito, dessa forma ele pode estar mais perto de todos, abraçando, recebendo o carinho e dando a devida atenção as pessoas especiais que são as mães
e também as crianças.

A aposentada Maria Nazaré, frequentadora do CCI, expressou sua felicidade pelos cuidados que recebe no Centro e em especial na data. A Secretária de Assistência Social, Ruth Ana Góes se emocionou lembrando a trajetória de luta de sua mãe, e parabenizou todas as mães pelo seu dia.

quinta-feira, 5 de maio de 2016

EMOÇÃO E FESTA MARCAM ASSINATURA DE CONTRATOS DA MINHA CASA, MINHA VIDA

 
Prefeito Pe. Carlos Góes recebe abraço carinhoso de contemplados
 
363 Famílias sorteadas no Programa
Maués - Em Maués 363 famílias assinaram o contrato dos imóveis, do Programa Minha Casa, Minha Vida, do Governo Federal, em parceria com a Prefeitura.
Emoção e festa marcaram as famílias contempladas com as unidades habitacionais do Conjunto Residencial Senador José Esteves, no evento que aconteceu na manhã do dia 04, na escola Municipal Jandira Mac Comb.

O Prefeito Pe. Carlos Góes chegou a se emocionar, em função das várias etapas que resgatou o projeto desde a articulação junto aos ministérios, negociação com a Caixa, aprovação da Lei Municipal de Habitação junto a Câmara e readequação do Conselho Municipal de Habitação e Interesse Social.

“Um processo conduzido de forma transparente com a Caixa Econômica para 363 famílias que deram o primeiro passo para a realização do sonho da casa própria, reduzindo assim o déficit habitacional do nosso município”, ressaltou.

A próxima etapa será de realização do Trabalho Técnico Social articulado pela Secretaria de Assistência Social que irá trabalhar a organização e convivência das famílias.

SIGA ESTE BLOG